O que são livros Deuterocanônicos da Bíblia?

Roberto Quevedo, Porto Alegre-RS


 

  Os livros Deuterocanônicos são Tb, Jt, 1 e 2 Mc, Br, Ecle e Sb, além de partes de Dn e Est. Trata-se de sete livros do Antigo Testamento que figuravam na Bíblia. Porém, com o surgimento do Novo Testamento e com o conflito entre cristãos e judeus, entre uma tendência mais nacionalista judaica e outra mais helenista, foram abandonados pelos judeus ortodoxos.

  Os cristãos, ou ao menos a maioria dos cristãos, sempre usou estes livros juntamente com os demais livros do Antigo Testamento, chamados então de protocanônicos. A partir do século II da era cristã as águas se dividem. Os judeus já não aceitam mais os livros deuterocanônicos e os cristãos os aceitam em pé de igualdade com os demais. Só no ano de 393, no Sínodo de Hipona a igreja fixou definitivamente o cânon bíblico com todos os 73 livros que ainda hoje formam a Bíblia usada pela Igreja Católica.

  A Reforma Luterana, no século XVI usou a versão hebraica da Bíblia. Portanto, sem os sete livros chamados de deuterocanônicos. Esta é ainda hoje a diferença entre as Bíblias católicas e as Bíblias das outras denominações cristãs. Por isto hoje, a Bíblia católica tem 73 livros e a Bíblia protestante tem 66.

Frei Bruno


Fonte: INDAGAÇÕES DA FÉ, Frei Bruno Glaab e Padre Mário Glaab.