Foto Mensagem

Cadê o banco que estava aqui?

Praça junto da Unicentro, Universidade Estadual do Centro-Oeste, em Guarapuava (PR). Espaço privilegiado para andar, sentar, conversar. Bem, sentar, nem tanto. A maioria dos bancos foi reduzida a escombros. Salvou-se um aqui, outro ali. Incrível o quanto destruímos aquilo que pertence a todos. Nem parece que o que é  público é nosso, é meu, é seu… Não sabemos usar sem destruir. E não se trata de pura malandragem; é muito pior! Trata-se de uma cultura que, ao que tudo indica, estacionou no tempo das cavernas… Ou será que antecede a elas? E, pior ainda, é que nesse caso nem dá para pedir ajuda aos universitários!